Soluções Velsis ajudam Salvador e Aracajú a alcançarem a meta ONU2020.

Compartilhe essa publicação

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Soluções Velsis ajudam Salvador e Aracajú a alcançarem a meta ONU2020.

Através do uso dos equipamentos de monitoramento VELSIS, as cidades de Salvador e Aracajú conseguiram alcançar a meta pactuada com a ONU 2020 em redução de acidentes no trânsito. Em 2018, Salvador alcançou a taxa de 3,99 acidentes por 100 mil habitantes número que, segundo a OMS, equivale ao da Dinamarca.

Seis capitais brasileiras batem meta de redução de mortes no trânsito. Radares, bafômetro e ação conjunta explicam sucesso.
O ano de 2020 é o último para que as cidades brasileiras (e o país) reduzam em 50% o número de mortes no trânsito. A meta foi pactuada junto a ONU e leva em conta o período de 2011 a 2020.

Levantamento inédito da Folha mostra que em 2018 seis capitais (Rio Branco, Salvador, Belo Horizonte, Aracaju, Curitiba e Porto Alegre) se adiantaram e atingiram o objetivo.

O Distrito Federal e outras cinco capitais (Recife, Fortaleza, São Paulo, Belém e Campo Grande também tiveram boa redução e, mantido o ritmo, alcançarão a meta em 2020.

A capital com a segunda maior redução foi Salvador, cujo trânsito em 2018 foi 55% menos letal do que em 2011.

Desde 2016, Salvador tem a menor taxa de mortes por 100 mil habitantes no trânsito e a redução foi conseguida mesmo com aumento da frota de 31% no período. Em 2018, sua taxa foi de 3,99 – número que segundo a OMS, equivale ao da Dinamarca.

 

Para acessar a matéria na íntegra da Folha de São Paulo clique aqui.

Veja mais notícias